sábado, 20 de fevereiro de 2010

[Finalmente

Depois de tanto tempo longe com certeza a saudade já bateu,claro que principalmente da parte de vocês meus caros leitores,como estão sobrevivendo sem meus posts?
Huhu,carnaval finalmente passou.Sinceramente ooô coisinha chata viu,dar uma sambadinha vá lá,mas essa estripulia toda já é demais,o que eu fiz mesmo foi sair com os amigos,bem melhor que ficar assistindo escolas de samba ou pegando vírus bucais nessas festas.Agora falando sério,eu tava pensando outro dia que nós vivemos tanto seguindo tradições que nem sabemos o porquê delas existirem.Quantas pessoas sabem o significado do Carnaval?Alguém sabe que é uma festa religiosa?Alguém sabe que é uma festa comemorativa antes da quaresma?Bom,a única coisa que restou da tradição foi a festa,prestígiada por ateus,espíritas,católicos,etc...
É estranho pensar que as vezes seguimos coisas de nossos antepassados sem saber os significados como por exemplo o mês de maio que é mês das noivas pois na frança era quando tomavam o primeiro banho do ano assim o cheiro ainda ficava suportável para o casório e o buquê era colocado perto das partes íntimas pra aliviar o odor,e que a água do banho era dividida por todos no reino e o primeiro a se banhar era o rei.
Pouca gente tb sabe que no teatro antes de ocorrer uma peça a gente deseja merda pros atores e atrizes,pois tb na frança quando eles iam ao teatro utilizavam a charrete como meio de transporte e quanto mais ''merda'' no chão,mais público teria na peça.
As curiosidades são realmente curiosas haha,podiamos aprender essas coisas na escola.
Bom eu já vou fiquem com essas curiosidades abaixo e até a próxima pessoal :

*Nesse exato momento há mais de 100.000.000 microorganismos se alimentando, se reproduzindo,nadando e depositando detritos na área em volta dos seus lábios.(nojo)
*Os CDs foram concebidos para comportar 72 minutos de música porque essa é a duração da Nona Sinfonia de Bethoven.(cara foda)
*O material mais resistente criado pela natureza é a teia de aranha.(o.O)
*Na França é proibida a venda de bonecos que não tenham rostos humanos, como ETs.
*Meninos com nomes estranhos geralmente tem mais problemas mentais que as meninas.(haha)
*Se as doenças do coração, o câncer e a diabete fossem erradicados, a expectativa de vida do homem seria 99,2 anos.
*A filha de Shakespear era analfabeta.(Cara ele escreveu altas peças nem pra ensinar a filha a ler e escrever)
*Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.(por isso adoro durmir) ;)


domingo, 7 de fevereiro de 2010

[O Restaurante no Fim do Universo]

Quando eu terminei de ler o guia do mochileiro das galáxias percebi que não poderia ter acabado tudo ali, então, pesquisei na internet e vi que realmente havia continuação e descobri muitas outras coisas sobre o autor, sobre suas histórias e tudo mais...


Douglas Noël Adams (Cambridge, 11 de março de 1952 — Santa Bárbara, 11 de maio de 2001) foi um escritor e comediante britânico, famoso por ter escrito esquetes para a série televisiva Monty Python's Flying Circus, junto com os integrantes desse grupo de humor nonsense, e pela série de rádio, jogos e livros The Hitchhiker's Guide to the Galaxy.
Os fãs e amigos de Adams o descreveram também como um ativista ambiental, um assumido ateísta radical e amante dos automóveis possantes, câmeras, computadores Macintosh e outros 'apetrechos tecnológicos'. O biólogo Richard Dawkins dedicou-lhe seu livro The God Delusion e nele descreve como Adams compreendeu a teoria da evolução e, conseqüentemente, tornou-se um ateísta. Adams era um entusiasta de novas tecnologias, tendo escrito sobre email e usenet
antes de tornarem-se amplamente conhecidos. Até o fim de sua vida, Adams foi um requisitado professor de tópicos que incluíam ambiente e tecnologia.
(WIKIPÉDIA)

Pois bem, a minha intenção hoje é fazer uma resenha crítica sobre o segundo livro de Adams:
O Restaurante no Fim do Universo:

Após descobrir o segredo da Terra, os viajantes do espaço: Zaphod, Trillian, Ford, Marvin e Arthur, estão com fome... E porque não comer em um restaurante onde uma vaca lhe oferece partes suculentas de seu corpo, onde você pode embebedar-se com uma dinamite pangalática, ouvir a banda de rock mais violenta do espaço sideral e ter o prazer de ver todo o fim do universo de camarote. É claro que a curiosidade dos nossos mochileiros vai além do planeta Terra. Eles estão agora procurando a pergunta sobre a vida, o universo e tudo mais, pois, a resposta eles já a possuem...
Adams apimentou ainda mais o seu humor sobre as formas de governo, é muito interessante ver como o autor brinca com toda a filosofia humana jogando-a em cada planeta, cada extraterrestre... Observando-se assim as características e funcionalidades do nosso próprio planeta.

Sei que não devo entrar em pânico... Mas como? Se ainda não sei nada sobre a vida, o universo e tudo mais...

Sem mais detalhes.

Por: Dezin-----> Contador, por enquanto só de histórias.